Entre em contato: vendas@niagara.com.br
Ligue para nós: São Paulo: (11) 5660-4444
Idioma: PT-BR

Niagara - Indústria e Comércio de Válvulas

Problemas em válvulas borboleta?

.

Ted Schmitt - dia em Dicas

Problemas em válvulas borboleta?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Recentemente um cliente de uma usina de açucar e alcool nos contatou solicitando informações sobre manutenção preventiva em válvulas borboleta Niagara.

Resolvemos compartilhar esta resposta ao nosso cliente para que todos possam aplicá-las em suas instalações.

Os modelos de válvulas aplicáveis as instruções abaixo são:

  • Fig 539 - Válvula borboleta tipo wafer corpo monobloco classe 150;
  • Fig 540 - Válvula borboleta tipo wafer corpo monobloco classe 150;

P: Quais são os possíveis problemas com válvulas borboleta no início da instalação?

R: Em geral podem ser:

1.       dano físico ao carretel por instalação incorreta ou uso de flange não adequado;

2.       dano físico por uso em fluído ou temperatura inadequada;

3.       dano físico causado por objetos estranhos deixados na linha;

4.       vazamento pelo eixo ou pela face da válvula por instalação inadequada (descentralizada).

P: Quais são os possíveis problemas com válvulas borboleta após instaladas e funcionando?

R: Os problemas podem ser:

1.       desgaste por uso em alta frequência ou em meio agressivo;

2.       dano físico por uso em fluído ou temperatura inadequada;

3.       danos causado por golpe de aríete ou movimentações da tubulação ou de equipamentos na mesma;

4.       vazamento pelo eixo ou pela vedação após uma sobre pressão;

5.       dano ao sistema de acionamento por excesso de torque aplicado à válvula.

P: Qual a frequência de inspeção que devemos realizar na válvula?

R: Caso a válvula não apresente problemas aparentes, a inspeção pode ser feita uma vez por ano ou na frequência determinada da instalação/equipamento em que se encontra. Quanto mais agressivo o meio, maior a necessidade de inspeção. Neste caso o período pode ser reduzido para alguns meses ou até mensal.

P: - Com qual frequência deve-se trocar o kit / carretel da válvula?

R: Em usina de açúcar e álcool, normalmente as válvulas são verificadas uma vez por ano. Se nesta verificação a válvula apresentar vazamento, o carretel de vedação apresentar desgaste ou distorções, o mesmo deverá ser trocado. Caso o carretel e outros componente não apresentem desgaste ou outro problema, não há necessidade de troca.

P: - Qual a frequência de revisão?

R: Em usina de açúcar e álcool, normalmente as válvulas são revisadas uma vez por ano.

 

Caso tenha mais alguma dúvida com relação a manutenção de válvulas borboleta, favor enviar sua dúvida para vendas@niagara.com.br

 

Não deixe de consultar outras dicas de manutenção e uso de válvulas Niagara: https://www.niagara.com.br/artigos/dicas

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter